RAPIDINHAS

quinta-feira, 4 de junho de 2020

É verdade que tubarões não podem ter câncer?

"Compre cartilagem de tubarão", diz a propaganda daquele programa de televisão de final de tarde. "Os tubarões não têm câncer e as pílulas vão impedir que você também o tenha". O pensamento por trás dessas pílulas é que a cartilagem de tubarão tem demonstrado propriedades anti-angiogênicas - ou seja, retarda ou para o desenvolvimento dos vasos sanguíneos. Como os tumores precisam de redes de vasos sanguíneos para sobreviver e crescer, cortar o crescimento dos vasos deve impedir o fornecimento de nutrientes, encolher e destruir um tumor. Parece funcionar para os tubarões, argumentaram os best-sellers como Sharks Don't Get CancerHow Shark Cartilage Could Save Your Life and Sharks Still Don’t Get Cancer. "Tubarões não têm câncer: como a cartilagem de tubarão pode salvar sua vida e os tubarões ainda não têm câncer".

Há dois grandes problemas aqui, no entanto. O primeiro é que, enquanto algumas terapias e medicamentos anti-angiogênese são eficazes e foram aprovados pelo FDA para o tratamento de câncer, as pílulas de cartilagem não são um deles. As pílulas não atendem às alegações feitas sobre elas. Os fabricantes e empurradores de pílulas de cartilagem baseiam suas promoções em um conjunto muito pequeno de pesquisas que mostra, diz a American Cancer Society, apenas uma "modesta capacidade de retardar o crescimento de novos vasos sanguíneos em células de culturas de laboratório e em animais" e, em uma série de ensaios que têm sido criticados por controles e metodologia deficientes, resultados mistos em humanos. Outro estudo sugeriu que um grupo de pacientes com câncer avançado entrou em remissão graças ao tratamento de cartilagem, mas os resultados não foram publicados em uma revista revisada por pares e o Instituto Nacional do Câncer chamou o estudo mais tarde de "incompleto e pouco impressionante". 

A esmagadora maioria das evidências revisadas e publicadas vai contra as supostas habilidades anti-cancerígenas da cartilagem de tubarão. Em numerosos ensaios com pacientes humanos e modelos de ratos, os pesquisadores concluíram que a cartilagem de tubarão não oferece nenhum benefício contra os cânceres. Tanto a FDA como a FTC retiraram os produtos de cartilagem de tubarão do mercado e/ou aplicaram multas aos seus fabricantes por fazerem alegações não comprovadas sobre as propriedades anticancerígenas.

O segundo problema é que a própria ideia de que os tubarões não têm câncer - não é de todo verdadeira.

Os tubarões têm câncer. Sabíamos disso mesmo antes das pessoas começarem a afirmar do aparecimento das pílulas de cartilagem. O primeiro tumor registrado em um peixe cartilaginoso foi em 1853, e o primeiro encontrado em um tubarão seguiu-se em 1908. Desde então, os pesquisadores encontraram cerca de 40 casos de tumores cancerígenos em pelo menos 24 espécies de tubarão. Estes tumores foram encontrados em várias partes do corpo - incluindo na cartilagem e na face deste pobre grande tubarão branco.



Fonte:

  • Comentários do Blog
  • Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Avaliado item: É verdade que tubarões não podem ter câncer? Descrição: Classificação: 5 Revisado por: Como Somos Biologia