RAPIDINHAS

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Conheça quais são os animais mais coloridos da natureza

Animais coloridos são mais do que uma característica visual - quanto ou quão eles se destacam é muitas vezes uma adaptação evolutiva que ajuda uma espécie a sobreviver.

Animais como as aves usam a cor para aumentar suas chances de acasalamento. Os machos, que tendem a ser mais brilhantes e mais ornamentados que suas fêmeas, têm maiores chances de serem escolhidos como companheiros se tiverem mais características ornamentadas.

Esta preferência é conhecida como seleção sexual, uma ideia apresentada por Charles Darwin que argumentou que diferentes caminhos de seleção natural proporcionam uma vantagem evolutiva às espécies. Os animais podem se tornar mais coloridos para serem notados pelos companheiros, ou podem se tornar mestres da camuflagem para evitar a atenção de seus predadores. Outros, por sua vez, a coloração intensa e viva é um aviso de alerta à sua iminente toxicidade. 

Independente da finalidade, os animais que selecionamos abaixo são dos mais coloridos - e bonitos - encontrado na natureza:

1. Mandril
Nome científico: Mandrillus sphinx

O mandril é facilmente um dos mamíferos mais coloridos encontrados no mundo hoje. Embora eles só vivam na região equatorial da África, muitos zoológicos também são o lar do mandril hoje em dia, incluindo o Zoológico Gladys Porter no Texas.



2. Macaco de nariz esbugalhado dourado
Nome científico: Rhinopithecus roxellana

As brilhantes marcas brancas e cremosas nas faces dos macacos de nariz arrebitado dourado fazem parecer que eles têm um nariz arrebitado. Só encontrados em partes do centro e sudoeste da China, os macacos agora vivem em alguns zoológicos porque os especialistas querem ajudar a aumentar o número de habitantes.



3. Sapo dardo azul
Nome científico: Dendrobates azureus

O sapo dardo azul é um dos animais favoritos entre aqueles que amam a cor azul. Não só tem dois ou mais tons de azul em seu corpo, mas também tem manchas azuis e algumas manchas pretas que também se destacam.


4. Camaleão Pantera
Nome científico: Furcifer pardalis

Você pode tropeçar no camaleão pantera na natureza e nem mesmo saber que este réptil estava ali. Ele pode mudar as cores para se camuflar no ambiente ao seu redor e ajuda-lo a evitar predadores.

Crédito da imagem: FL Chams


5. Jiboia arco-íris
Nome científico: Epicrates cenchria

A jiboia arco-íris é uma espécie de serpente encontrada na Argentina e tanto na América Central como na América do Sul. Tem nomes diferentes dependendo de onde vive, incluindo a jiboia arco-íris brasileira, que vive no Brasil.



6. Lagarto de colarinho comum (também conhecido como lagarto de colarinho oriental)
Nome cientifico: Crotaphytus collaris

A área da Grande Bacia no Arizona é o lar do lagarto de colarinho comum, também conhecido como lagarto de colarinho oriental. Seu nome vem das marcas coloridas ao redor de seu pescoço, que parecem um pequeno colarinho.



7. Borboleta Morpho Azul
Nome científico: Morpho peleides

Uma das borboletas mais bonitas do mundo é o Morpho Azul. Essa borboleta frequentemente come lama encontrada em poças e usa sua boca para se alimentar de frutas podres.



8. Vespa cuco
Nome científico: várias espécies, família Chrysididae

Encontrada em partes da América do Norte e do México, a vespa cuco, assim como as abelhas e outras vespas, sobrevive principalmente do néctar que extrai das flores.



9. Borboleta do pôr-do-sol
Nome científico: Chrysiridia rhipheus

Embora a borboleta do pôr-do-sol se alimente de flores brancas, ela tem cores mais vivas no seu corpo. Entre as cores que exibe estão aquelas encontradas em um lindo pôr-do-sol.

Quando foi localizada pela primeira vez, os especialistas pensavam que era da China porque era semelhante às borboletas daquele país, mas agora sabemos que são de Madagascar.

Ela tem grandes asas com tons de verde e preto na parte superior e laranja e amarelo na parte inferior. Essas cores podem aparecer iridescentes ou metálicas em certas luzes. Pequenas escamas que ficam em cima de suas asas são o que lhe dá essas cores.



10. Tarântula azul
Nome científico: Poecilotheria metallica

A tarântula azul é uma espécie de aranha pertencente à família Theraphosidae. Ela reflete uma cor azul metálica brilhante. Como outras de seu gênero ela exibe um intrigante fractal no abdômen. O habitat natural da espécie é a Floresta estacional decidual em Andhra Pradesh, no centro sul da Índia.





11. Aranhas pavão
Nome científico: várias espécies, gênero Maratus

As aranhas pavão são muito pequenas em tamanho e não medem mais de 1 cm de ponta a ponta. A maioria também não pesa mais do que algumas gramas.

Entre as espécies, encontra-se exemplares com corpos com listras e outros desenhos em vermelho e azul com manchas iridescentes alaranjadas e azuis.



12. Idalus herois
Nome científico: Idalus herois

Os especialistas não sabem muito sobre os Idalus herois, exceto que William Schaus identificou a espécie pela primeira vez em 1889. Alguns chamam isso de mariposa palhaço porque tem marcas que se assemelham ao visual clássico de um palhaço de circo.

Essas marcas incluem manchas alaranjadas nas pontas inferiores de suas asas e círculos alaranjados mais próximos de sua cabeça. Você também verá pequenas faixas pretas que ligam algumas das manchas vermelhas a essas áreas alaranjadas.

Este tipo de mariposa vive principalmente da vegetação encontrada em seus habitats nativos, que incluem partes do México, Brasil e Venezuela.



13. Rolieiro de peito lilás
Nome científico: Coracias caudatus

É uma ave que recebe seu nome da zona roxa pálida ao redor de seu peito. Essas penas roxas contrastam com as verdes em sua cabeça e cauda e as azuis em seu estômago e costas.



14. Arara Escarlate
Nome científico: Ara macao

Quando a maioria das pessoas pensa em pássaros coloridos, pensam imediatamente na arara escarlate. Esta ave tem penas coloridas dispostas de uma forma que cria um efeito arco-íris. Embora tenham penas escarlates ao longo da cabeça, elas também têm grupos de penas amarelas, azuis e verdes nas costas.



15. Martim-pescador Anão Oriental
Nome científico: Ceyx erithaca

O martim-pescador anão oriental vive em partes do sudeste asiático e é uma das aves mais populares da região.



16. Pato Mandarim
Nome científico: Aix galericulata

Encontrados inicialmente em partes do Extremo Oriente, os programas de criação ajudaram o pato mandarim a se espalhar para outras partes do mundo. Atualmente vive em diferentes áreas da Rússia e em algumas partes da Ásia, incluindo China e Coréia.



17. Tucano de bico verde
Nome científico: Ramphastos sulfuratus

Belize escolheu o tucano de bico verde como sua ave nacional. Encontrado em toda a América Latina, ele tem um bico curvo e único que o ajuda a rachar os ovos.



18. Peixe Mandarim
Nome científico: Synchiropus splendidus

Como um dos peixes mais populares e coloridos, o peixe mandarim é um peixe que vive no Oceano Pacífico, ao largo da costa da Austrália.



19. Peixe papagaio bicolor
Nome científico: Cetoscarus bicolor

O peixe papagaio bicolor é uma das espécies encontradas apenas no Mar Vermelho, embora um tipo similar de peixe viva em outros corpos de água. 



20. Camarão louva-a-deus palhaço
Nome científico: Odontodactylus scyllarus

Recebe seu nome pelo seu colorido, que é semelhante aos encontrados nos pavões. Tem um exoesqueleto verde brilhante na mesma tonalidade de uma pena de pavão. As patas brancas e abdome inferior apresentam manchas brilhantes de cores, inclusive vermelho e laranja.



21. Cromodoris de Loch
Nome científico: Chromodoris lochi

Uma das únicas criaturas aquáticas coloridas que se alimentam de esponjas marinhas é o Chromodoris de Loch. É um tipo de lesma do mar que tem o mesmo estilo de corpo das lesmas do seu jardim.



22. Água-viva Cephea
Nome científico: Cephea cephea

Nomeada por seus corpos que parecem coroas, a medusa cephea é uma criatura cujo corpo apresenta tons de azul e roxo e é translúcido, o que significa que você pode ver quase que inteiramente através dela.



23. Pavão Arlequim
Nome científico: gênero Pavus

O Pavão Arlequim é mais uma das mutações de padrão do Pavão Azul. O gene para o padrão arlequim é de dominância incompleta e é um alelo do gene para cor branca. Como pode ver estes Pavões têm as mesmas cores que o Pavão Azul, mas com manchas de plumagem brancas, surgindo de forma irregular por todo o corpo do animal.





Fontes:
  • Comentários do Blog
  • Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Avaliado item: Conheça quais são os animais mais coloridos da natureza Descrição: Classificação: 5 Revisado por: Como Somos Biologia