RAPIDINHAS

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Vacina de Oxford contra a Covid-19 produz resposta imunitária

A descoberta de uma vacina pelos pesquisadores da Universidade de Oxford contra a covid-19 é considerada a melhor chance para o mundo conseguir voltar à “vida normal” pós-pandemia. A vacina experimental chamada de ChAdOx1 nCoV-19 (ou AZD1222), foi testada no Reino Unido com 1077 voluntários e apresentaram resultados satisfatórios, indicando ser segura e capaz de produzir uma resposta imune eficiente para combater o coronavírus.


A vacina é produzida a partir de um adenovírus causador do resfriado comum nos chimpanzés geneticamente modificado. Esse vírus é enfraquecido e não causa infecções nos seres humanos. No processo de modificação os cientistas transferiram as instruções genéticas das "proteínas do pico" do coronavírus - que é a ferramenta crucial que o vírus usa para invadir nossas células - Isso significa que a vacina se assemelha ao coronavírus e nosso sistema imunológico ataca o vírus e gera uma resposta imunológica de defesa.

Os voluntários geraram muitos anticorpos.  Sabemos que nem todos os anticorpos se ligam de maneira a tornar o vírus inofensivo, mas após uma dose a maioria dos voluntários (90%) produziram anticorpos neutralizantes, o que evita que vírus infectem as células. Após duas doses, todos os voluntários geraram anticorpos neutralizantes.

Depois dessa etapa, o estudo também foi expandido para outros países, porque os níveis de coronavírus no Reino Unido já estão diminuindo, o que acaba dificultando o conhecimento da eficácia da vacina nesse cenário que precisamos de resultados com uma certa rapidez. Na sequência na terceira fase haverá um grande estudo envolvendo 30.000 pessoas nos EUA, 2.000 na África do Sul e 5.000 no Brasil.

Por que o número de casos covid-19 é maior nesses países, sendo assim esses estudos podem produzir resultados mais cedo.

No Brasil governo federal aceitou a proposta de acordo de cooperação no desenvolvimento tecnológico e acesso do Brasil à vacina para covid-19. Os pesquisadores da Fiocruz receberam o conhecimento (transferência de tecnologia), para a produção da vacina no Brasil, quem sabe já para o início de 2021. Se a vacina contra o coronavírus seja comprovadamente eficaz até o final do ano.  

Logo que comece sua produção ela será distribuída pelo SUS, onde os profissionais de saúde e pessoas do grupo de risco ex: idosos, serão priorizados. Vamos torcer para que os resultados continuem avançando, para que logo possamos passar essa fase.

 

Referências. [1]. [2]


Adriana R. Cordeiro






  • Comentários do Blog
  • Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Avaliado item: Vacina de Oxford contra a Covid-19 produz resposta imunitária Descrição: Classificação: 5 Revisado por: Adriana Cordeiro