RAPIDINHAS

segunda-feira, 6 de julho de 2020

A incrível biomecânica do ovo

O ovo é talvez o sistema de suporte de vida mais intrigante da natureza. Estas notáveis estruturas alimentam uma nova vida; protegendo-a do mundo exterior enquanto ainda permite que ela respire.

Os ovos são fortes o suficiente para suportar o peso total de uma mãe incubadora e fracos o suficiente para que um recém-nascido se liberte.


A função da casca do ovo é proteger o embrião do meio ambiente, mas não pode ser muito forte, caso contrário o filhote não seria capaz de romper e eclodir. É feito de carbonato de cálcio, um importante biomineral, que é diferente da hidroxiapatita, o componente mineral do osso.

Para entendermos como o ovo pode suportar um peso de uma ave adulta e ao mesmo tempo um filhote conseguir quebrá-lo, podemos fazer uma comparação com as cúpulas arquitetônicas. 

Os ovos têm forma semelhante às cúpulas arquitetônicas, que estão entre as formas arquitetônicas mais fortes.

Os arcos são estruturas curvas, sem ângulos e sem cantos. As cúpulas são o equivalente tridimensional, capazes de cobrir uma grande quantidade de espaço sem a ajuda de uma única coluna.




Quando uma carga é colocada em cima de um arco ou cúpula, sua força se estende para fora e para baixo dos lados do arco. No solo, apoios fortes, ou pilares, impedem que o arco se movimente para fora. Arquitetonicamente, a cúpula é um dos projetos mais fortes porque suporta o peso do teto de forma uniforme, de modo que nenhum ponto da cúpula suporta toda a carga e cede sob tensão.

Da mesma forma, a forma do arco em cada extremidade do ovo distribui todo o peso de maneira uniforme e minimiza o estresse e a tensão. O ovo é mais forte na parte superior e inferior (ou no ponto mais alto do arco), por isso não se quebra quando se adiciona pressão em ambas as extremidades. A forma curva da casca também distribui a pressão uniformemente por toda a casca, em vez de concentrá-la em qualquer ponto. Ao cercar completamente o ovo com a mão, a pressão que você aplica apertando o ovo é distribuída uniformemente por todo o ovo.

Os ovos, no entanto, não resistem bem a forças irregulares. Isso explica porque eles racham facilmente na lateral de uma tigela. A batida em um único ponto provoca uma pressão desigual sobre o ovo, rachando-o no ponto de contato.

Embora uma galinha possa sentar em cima de um ovo e não quebrá-lo, um pequeno pintinho pode quebrar a casca do ovo. O peso da galinha é distribuído uniformemente sobre o ovo, enquanto que a bicada do pintinho é uma força desigual dirigida a apenas um ponto do ovo.


Fontes:

  • Comentários do Blog
  • Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Avaliado item: A incrível biomecânica do ovo Descrição: Classificação: 5 Revisado por: Como Somos Biologia