Cookies management by TermsFeed Cookie Consent Conheça a árvore que sangra quando cortada - Como Somos Biologia

RAPIDINHAS

segunda-feira, 20 de junho de 2022

Conheça a árvore que sangra quando cortada

Humanos e outros animais sangram quando se machucam, mas ver uma árvore sangrar vermelho quando cortada, é certamente inusitado.

Pterocarpus angolensis, ou árvore de sangue, parece uma árvore perfeitamente normal até ser ferida. Quando cortada, ela libera longas trilhas de líquido vermelho escuro em seu tronco.




A árvore de sangue realmente existe e atinge cerca de 15 metros de altura, mas o que você vê nas fotos é na verdade seiva e não sangue.

Essa árvore cresce principalmente nas áreas quentes e livres de geadas no nordeste do continente africano, estendendo-se para Zimbábue, Botsuana do norte, Moçambique e Namíbia e para o norte em outras partes da África. Cresce em áreas arbustivas e bosques onde a pluviosidade é superior a 500 mm por ano, e favorece encostas rochosas ou solos bem drenados, profundos e arenosos.

Os taninos causam a cor vermelha escura da seiva. As plantas regulares têm partes - folhas, cascas, seiva - que tem cerca de 12-20% de taninos. A árvore de sangue tem seiva que é composta por aproximadamente 77% de taninos.

Os taninos são os produtos químicos que fazem sua boca sentir-se um pouco como se tivesse sido lavada com um produto de limpeza depois de comer uvas ou beber vinho. Eles são polifenóis, o que significa que são compostos por muitos fenóis. Se isso não esclarece nada para você, os fenóis são conhecidos como ácido carbólico, o que explica o gosto adstringente dos alimentos ricos em tanino. Os taninos podem se ligar ou precipitar com proteínas, e os cientistas pensam que eles fazem parte do mecanismo de defesa da planta. Quando um animal morde a planta, os taninos, que normalmente são armazenados apenas em certas partes da planta, são soltos. Não só é suposto que eles tenham um sabor ruim para os animais, como sua capacidade de se ligar a nutrientes como proteínas (e às vezes carboidratos) reduz a capacidade do animal de digerir seu alimento. Os taninos podem fazer com que o alimento não valha a pena ser comido.

Isso não quer dizer que não os comemos de qualquer forma. Os taninos são liberados para o vinho dos barris de carvalho onde são armazenados, e os humanos desenvolveram um gosto por eles. Às vezes os vinicultores adicionam taninos em pó ao vinho para simular o sabor.

A abundante quantidade de taninos da árvore de sangue reduz seu consumo? Talvez pelos animais, mas não pelos humanos. A madeira é procurada em sua África nativa, e ao redor do mundo. Devido à semelhança da seiva com o sangue, ela se tornou até mesmo um remédio popular para doenças do sangue.

A árvore tem muitos usos. Sua seiva vermelha é usada como corante e em algumas áreas misturada com gordura animal para fazer um cosmético para rostos e corpos.

Alguns também acreditam que a árvore tem propriedades mágicas para a cura de problemas relativos ao sangue, aparentemente por causa de sua  cor semelhante ao sangue. Os galhos são usados para tratar a malária, vermes, dores agudas, problemas oculares, febre da água negra e problemas estomacais. As mães lactantes são encorajadas a usar a seiva para aumentar a produção de leite materno.

As árvores de sangue se tornaram um fascínio para turistas e moradores locais, especialmente porque a madeira em si é ótima para produzir móveis de alta qualidade. Os moradores locais dizem que a árvore pode ser facilmente esculpida e fácil de trabalhar. Ela possui algumas qualidades que a tornam durável, fácil de colar, aparafusar, e leva muito bem o polimento. Além disso, tem a capacidade de encolher muito bem durante seu processo de secagem, o que a torna um material adequado para canoas, pisos de banheiros e construção de barcos. Isto levou ao seu declínio nas últimas décadas e à sua denominação como árvore protegida na África Austral.

Por: Jonathan Pena Castro

Fontes:

Ibiene

Gizmodo

Talkafricana




Próximo
Este é o mais recente post.
Postagem mais antiga
  • Comentários do Blog
  • Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Avaliado item: Conheça a árvore que sangra quando cortada Descrição: Classificação: 5 Revisado por: Como Somos Biologia