RAPIDINHAS

segunda-feira, 6 de abril de 2020

Qual o animal mais resistente do mundo?

Pense rapidamente num animal resistente. Talvez você tenha imaginado naquela barata em que você provavelmente pisou, e por mais que o som de esmagamento tenha sido ouvido, ao tirar o chinelo de cima, a mesma saiu correndo como se nada tivesse ocorrido, se escondendo num buraco inacessível. 

Essa cena parece ser recorrente, já que as baratas figuram entre os os animais mais resistentes, capazes de sobreviver algumas semanas sem a cabeça¹ ou desprovidas de água e alimento por meses².

Apesar da resistência da barata ser já bem conhecida, no quesito sobrevivência há outros seres que  a batem de frente e até mesmo a superam.

Para isso, elaboramos uma lista com os animais mais resistentes do mundo:

Água viva (Turritopsis nutricula)

Chamada de "água viva imortal", esse hidrozoário tem esse apelido por ser a única espécie conhecida capaz de rejuvenescimento. Além de ser resistente a diversas situações adversas, esse animal possui uma alta capacidade regenerativa. Essa água viva literalmente pode regredir até sua primeira fase de desenvolvimento, reiniciando seu ciclo de vida novamente. E assim sucessivamente, envelhecendo e rejuvenescendo, para voltar a envelhecer e rejuvenescer indefinidamente.  A não ser que ela seja predada, teoricamente esse processo poderia acontecer para sempre, eternamente.

Em situações que não são ideais, como contaminantes presentes na água ou escassez de alimentos, ela pode voltar ao estado anterior
Baratas 

As baratas possuem várias adaptações que as tornam resistentes a muitas situações: 

- a começar pelo seu exoesqueleto quitinoso, que é forte o suficiente para suportar leves esmagamentos sem morrer, além de ser extremamente útil contra a desidratação, permitindo-a ficar até 40 dias sem precisar de água. A quitina é um polissacarídeo reconhecidamente insolúvel à maioria dos solventes e resistente a muitas substâncias ácidas³

- internamente, as baratas possuem uma camada de gordura que além de proteger seus órgãos, as permitem ficar até 90 dias sem comer. 

- suas antenas possuem pelos sensoriais ultrassensíveis capazes de detectar odores, água, açúcar e outras substâncias a centenas de metros de distância.

- elas possuem algumas cerdas na parte traseira do corpo, capazes de captar movimentos sutis do ar, trazendo informações sobre possíveis ameaças.

- elas respiram por cerca de 20 aberturas laterais chamadas espiráculos, podendo ficar horas sem oxigênio.

- apesar de não conseguirem sobreviver a um ataque nuclear, elas possuem uma tolerância maior a radiação que o ser humano.

Esses artrópodes são pequenos tanques de guerra resistentes


Poliqueto (Riftia pachyptila)

Esses vermes gigantes, habitantes de zonas abissais oceânicas, podem chegar a até 3,5 m de comprimento, vivem fixos em afloramentos rochosos das chaminés de fontes hidrotermais. São considerados seres extremófilos, pois além de suportarem a enorme pressão hidrostática resultante da profundidade, ocorrem em habitats com altas concentrações de sulfeto de hidrogênio, um composto extremamente tóxico para a grande maioria das formas de vida.

Esses vermes não possuem sistema digestivo, dependendo de bactérias simbiontes para realizar sua digestão.

Rato toupeira pelado (Heterocephalus glaber)

Esse simpático e carismático roedor de corpo pelado tem várias caraterísticas impressionantes. Uma delas é sua longevidade. Enquanto roedores comuns têm tempo médio de vida em torno de cinco anos, ratos toupeiras podem viver mais de 30 anos, e um estudo inferiu que para esses animais, o envelhecimento não tem efeito negativo, pois o risco de morrer não aumenta conforme o tempo passa, conforme acontece com todos os outros mamíferos. Além disso, eles conseguem sobreviver em ambientes pobre em oxigênio, sobrevivendo por até 18 minutos em completa falta do gás. Também são animais que praticamente não sentem dores: sua pele não possui células sensitivas, o que faz que esses animais não sintam dores quando expostos à ácidos, por exemplo. Também estudos mostraram que esse animais são praticamente imunes ao câncer
Curiosamente, esses ratos são seres que vivem em sociedade, com até 300 indivíduos e uma rainha.

Fonte: Smithsonian's National Zoo / Flickr
Dipnoicos (Peixes da classe Dipnoi)

Esses peixes pulmonados são particularmente resistentes: eles podem entrar em um estado de estivação capaz de viver por um certo período sem nutrientes. Esse peixes também podem permanecer longos períodos fora da água: há casos registrados desses peixes permanecerem vivos por seis meses na areia seca. 

O sistema respiratório desse peixe é adaptado para respiração fora d' água.
Urso d' água (Tardígrados) 

Esse pequenos animais são os mais resistentes da lista: são encontrados em nascente quentes, no topo do Himalaia (6.000 m acima do nível do mar) até as profundezas do mar (-4.000 m) e regiões polares, sob camadas de gelo sólido, e em sedimentos oceânicos. Muitas espécies podem ser encontradas em ambientes mais amenos, como lagos, lagoas e prados, enquanto outras podem ser encontradas em paredes e telhados de pedra. Estima-se que são capazes de sobreviver até mesmo a eventos completos de extinção em massa devido a eventos astrofísicos, tais como explosões de raios gama, ou grandes impactos de meteoritos. Alguns deles podem suportar temperaturas extremamente frias até 1 K (-272 °C) (perto de zero absoluto), enquanto outros podem suportar temperaturas extremamente quentes até 420 K (150 °C) por vários minutos, além de pressões cerca de seis vezes maiores do que as encontradas nas trincheiras oceânicas mais profundas, radiação ionizante em doses centenas de vezes maiores do que a dose letal para um humano, e o vácuo do espaço exterior. 

Como se não bastasse, os tardígrados são um dos poucos grupos de espécies capazes de suspender o seu metabolismo quase que completamente, podendo ficar sem comida ou água por mais de 30 anos, precisando apenas se re-hidratar, para voltar as atividades metabólicas normais e reproduzir-se. 

Em termos de resistência, esses pequenos animais (de 0,3 a 0,5 mm) são os campeões
  • Comentários do Blog
  • Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Avaliado item: Qual o animal mais resistente do mundo? Descrição: Classificação: 5 Revisado por: Como Somos Biologia