RAPIDINHAS

segunda-feira, 16 de março de 2020

Células: curiosidades interessantes que você não sabia

Um dos termos mais falados em biologia com certeza é célula. Quase que analogamente aos tijolos que formam uma casa, as células são as unidades fundamentais que formam os seres vivos. Aparentemente, têm-se a falsa impressão que elas são estruturas sempre muito pequenas, simples,  e com alguns compartimentos em seu interior, que chamamos de organelas. 

Acontece que essa é uma visão totalmente errada sobre as células. Mais do que simples unidades estruturais, elas são altamente complexas. Em seu interior, cujo funcionamento deixaria qualquer fábrica com inveja, ocorre centenas de atividades ao mesmo tempo, todas muito bem organizadas e definidas. E é nesse cerne que estão contidas, através do material genético, as informações sobre as características fisiológicas e morfológicas de um organismo. 

Além de tudo isso, as células apresentam grande diversidade, visto a variedade de seres unicelulares diferentes que existem, e nos seres pluricelulares, os diferentes tipos de tecido que o compõem.

Abaixo, selecionamos vários fatos interessantes sobre as células que com certeza você não sabia:


1. Células gigantes

Você já deve ter ouvido que a maioria das células são microscópicas e de fato, nos seres pluricelulares  (como animais e plantas) elas chegam a ter entre 10 e 100 micrômetros de diâmetro enquanto que nos unicelulares (como bactérias), entre 1 e 2 micrômetros. Entretanto, há vários exemplos de células macroscópicas, que podem muito bem ser vistas a olho nu e outras - inclusive - maiores que um ser humano:


Alvéolos do endocarpo da laranja - Cada um dos gominhos que se desprendem facilmente quando cortamos uma laranja na verdade são células. 


Gema do ovo - O ovo inteiro em si não pode ser considerado uma célula, já que a casca é um invólucro que protege o conteúdo; a clara e a gema. As organelas e o núcleo do gameta ficam em um pontinho da gema chamado de disco germinativo.  Entretanto, a gema com seus grandes estoques de proteínas, lipídios e polissacarídios é contínua com o disco germinativo, o que por sua vez, algumas bibliografias consideram a gema como uma célula. 


Óvulo humano - O óvulo humano é macroscópico perto de outras células humanas, podendo chegar a atingir cerca de 0,1 mm de diâmetro.


Ameba gigante - Descoberta em 2007, pesquisadores quando a viram a descreveram como uma "bola descolorida, sem olhos nem cérebro, coberta de lama". Ao serem estudadas, os cientistas descobriram que essas bolas, de aproximadamente 2,5 cm de diâmetro são na verdade amebas gigantes, pertencente ao gênero Gromia


Algas - algumas algas unicelulares podem ser enormes. As algas do gênero Acetabularia são consideradas como uma das maiores células uninucleares conhecidas, chegando a 10 centímetros de diâmetro.

Cada uma dessas algas é apenas uma única célula!
Já em algas unicelulares multinucleadas, é ainda mais impressionante. As algas do gênero Caulerpa são imensas, podendo ser maiores que um ser humano. Uma espécie no Mar Mediterrâneo pode atingir mais de 3 metros de comprimento e ter mais de 200 ramificações. É a maior célula multinucleada conhecida.


Todas essas "folhas" representam apenas uma única célula multinucleada, maior que um ser humano!
2. Células que correm e caçam

Podemos imaginar a célula com seus movimentos se rastejando sob uma superfície, mas alguns seres unicelulares podem possuir estruturas locomotoras como os cílios, os quais quando em movimento, é muito semelhante a pequenas pernas. Alguns protozoários como o Euplotes é predador e é capaz de caçar outros seres unicelulares. Parece um pequeno bichinho mas é apenas uma única célula.


3. Células que têm memória e sabem tomar decisões

Muito ainda temos a aprender sobre as células e uma delas, ainda em estudo, é da habilidade do ser unicelular , o plasmódio Physarum, ou conhecido como "Blob" ter a capacidade de solucionar labirintos, encontrando o menor caminho para a comida. Como se não bastasse, ele ainda apresenta memória, depois de ter aprendido o caminho. Certos fungos filamentosos também são capazes de solucionar labirintos, enviando suas hifas até tocarem as extremidades e interseções, e a partir daí encontrar a melhor direção.

Physarum polycephalum é um dos seres unicelulares mais intrigantes conhecidos, capaz de memorizar e de adaptar seu comportamento
4. Capacidade sensorial das células

Algumas células podem exibir capacidade sensorial impressionante. Uma delas é a detecção de campos elétricos e o movimento direcional de células móveis a esses campos, fenômeno chamado de eletrotaxia. 
Em outra série de estudos, foi demonstrado que algumas células podem detectar informações a uma determinada distância, como se tivessem "olhos". Num dos experimentos, foi demonstrado que essas células se movem em direção à fontes de luz infravermelho e podem alinhar-se mesmo quando em lados opostos de uma lâmina.

Células movimentando-se em direção à fonte de luz.

Em outro estudo, foi demonstrado que algumas células, como os leucócitos - células de defesa do nosso organismo - possuem tendência de se movimentar para a esquerda. Esse mesmo trabalho sugere que a estrutura da célula capaz de diferenciar esquerda de direita é o centríolo, organela que participa na divisão celular, na separação dos cromossomos.


5. Citoplastos

Em determinadas condições, uma parte do citoplasma celular pode se separar do restante da célula. Isso pode ser causado por alguma força mecânica, ou um choque elétrico, por exemplo. Esses fragmentos podem se mover por si só, sem núcleo, centrossomo ou complexo de Golgi, deixando muitos de seus componentes principais para trás, continuando capaz de responder a estímulos químicos (quimiotaxia). 


Os citoplastos podem permanecerem vivos por horas. Pode ser de vários tamanhos.

6. Células explosivas

Há células capazes de explodir! O fungo parasita Magnaporthe grisea infecta culturas de arroz. Para isso, ele precisa atravessar a espessa parede celular da planta. A maneira com que ele faz isso é formar uma estrutura infecciosa chamada apressório, que é composto pela célula da planta rodeada de uma camada fina de parede celular com melanina, gerando com pressão osmótica interna de aproximadamente 8.0Mpa (comparável a um impacto de uma bala de revólver). Ao se romper, a estrutura explode, deixando uma porta de entrada para o fungo.

Lesões nas folhas de arroz, causadas pelo fungo.

7. Células controladoras da mente

Há um tipo de célula capaz de causar mudanças comportamentais. Essas células são os Toxoplasma, gênero de protozoários causador da toxoplasmose. A única espécie conhecida do gênero, Toxoplasma gondii infecta gatos e outros felinos, como seu hospedeiro definitivo e humanos, roedores e aves, como hospedeiro intermediário. Entre as principais mudanças comportamentais, está a perda à aversão natural ao cheiro da urina de gato, por animais que têm felinos como os principais predadores. A aversão acaba virando atração. Controlando isso, o parasita que esteja infectando um rato, por exemplo, consegue facilitar sua captura por um gato. Isso também eventualmente ocorre aos seres humanos, quando perdem a aversão a urina de gato. 

Toxoplasma gondii - Essa pequena célula pode controlar seu cérebro!
  • Comentários do Blog
  • Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Avaliado item: Células: curiosidades interessantes que você não sabia Descrição: Classificação: 5 Revisado por: Como Somos Biologia