RAPIDINHAS

quarta-feira, 19 de maio de 2021

Conheça 15 animais surpreendentes que até trocam instantaneamente de cor

Embora muitas espécies de camaleões sejam mímicas espetaculares, capazes de mudar sua coloração rapidamente para se adequar às suas necessidades, eles não são quase os únicos animais capazes de fazer isso - e, sem dúvida, não são nem mesmo os mais impressionantes.

Existem algumas maneiras diferentes de um animal mudar sua coloração. Mamíferos às vezes derrubam pelos em períodos sazonais; aves fazem o mesmo com penas; répteis descartam uma camada de pele morta e a substituem por outra. Mas também há animais que dependem de cromatóforos, um tipo de célula que reflete a luz e pode ser controlada para refletir diferentes comprimentos de onda - em outras palavras, para mudar de cor.

Veja a nossa lista dos mais surpreendentes animais e impressione-se!

Linguado pavão


Quando você pensa em linguado, você provavelmente não fica muito entusiasmado; é apenas um peixe chato de aparência estranha, certo? O linguado pavão, às vezes conhecido como linguado florido, é uma exceção. Ele vive na área tropical indo-pacífico, tipicamente em águas rasas. Como seu habitat é altamente variável - rochas, corais, areia - o ambiente selecionou a adaptação da capacidade de mudar as cores em apenas oito segundos. Cada uma dessas quatro fotos? São os mesmos peixes individuais.

Polvo mímico

Créditos da foto: M. Norman e R. Steene.  

Descoberto apenas recentemente, em 1998, perto da Indonésia, o polvo mímico é um dos imitadores mais adeptos do reino animal. Ele é capaz de mudar sua coloração de bronzeado para preto e branco para vários padrões listrados e manchados, mas não para por aí: ele usa sua capacidade de mudança de cor em conjunto com imitações de outros animais. Na foto, ele está imitando um peixe linguado, um peixe-leão, uma cobra marinha e, bem, algo de que não temos muita certeza.

Lagarto Anole verde


Um dos lagartos mais comuns no sudeste americano, o Anole verde é capaz de mudar tanto do verde quanto para o marrom. O que é mais fascinante sobre o Anole verde é que apesar de ser um animal incrivelmente comum, os cientistas não estão realmente certos por que ou quando mudam de cor. Às vezes eles o fazem para se misturar, como camuflagem; às vezes eles escolhem a cor oposta, ficando verdes enquanto estão em um tronco marrom. É teorizado que pode haver um aspecto de comunicação.

Besouro Dourado Tartaruga



O besouro dourado, que vive na América Central, é muito mais bonito do que se espera de um besouro: tem uma coloração dourada a transparente perfeita. Mas ele também é capaz de trocar sua bela aparência de joia por uma cor marrom-avermelhada escura manchada, e parece fazer isso quando está estressado, quando um pesquisador o toca, por exemplo. Os pesquisadores não estão bem certos de como ele faz isto, ou o significado exato para o animal. 


Rã cinzenta de árvore


Nativo do leste dos Estados Unidos e até mesmo do sul do Canadá, a rã cinza tem um nome meio enganoso, porque certamente nem sempre é cinza. Quando sentada nas rochas ou na matéria vegetal morta, ela gosta de se transformar em um tom de cinza que varia de quase preto a quase branco; quando está nas árvores, ela pode se transformar em um verde vivo. Infelizmente não é tão provável que você veja uma; exceto na reprodução, ela gosta de ficar no alto das árvores.


Lagópode branco


Um dos pássaros com melhor nome, o lagópode não tem a vantagem dos cromatóforos que os peixes e cefalópodes têm. Mas isso não o impede de mudar de cor duas vezes por ano. O lagópode vive na região ártica do mundo, onde durante grande parte do ano é um branco puro para combinar com seu ambiente nevado. Durante os breves verões do norte, no entanto, ela derruba suas plumagens, trocando para um lindo cinza mosqueado, que o torna melhor para se misturar com rochas nuas. 


Lula flamboyant

Ao contrário de outros animais, a lula flamboyant nunca tenta se misturar; ela é tóxica para qualquer predador oportunista, por isso, ela colore-se com cores realmente chamativas. Mas ela tem a capacidade de mudar a cor assim como seus parentes polvos, e o usa para transmitir demonstrações ainda mais curiosas: padrões de rolamento, quase como se um projetor estivesse apontado para ele.

 

Rã Peron



A rã Peron pode mudar de cinza para marrom, para amarelo, para verde, tudo em menos de uma hora. Nativo do leste da Austrália, às vezes ele também recebe apelidos alusivos a seu som levemente perturbador: um 'cacarejar' rápido e agudo; soa mais como uma chamada de pássaro do que de sapo.

Cavalo marinho pigmeu


Encontrados entre os corais coloridos da costa do sudeste asiático, as várias espécies de cavalo-marinho pigmeu são todas incrivelmente pequenas, muitas vezes com menos de um centímetro de altura. Eles normalmente se fixam em um coral e vivem lá por toda sua vida, misturando-se com as mesmas cores brilhantes e textura grumosa do coral. Isso, você pode pensar, não soa como mudança de cor. Mas acontece que eles nascem de uma cor cinza pálido, e rapidamente desenvolvem sua cor e textura com base nos corais em que pousam. Os irmãos podem acabar parecendo completamente diferentes, de acordo com o local onde eles pousam. 

Peixe porco



O peixe-porco é assim chamado pelo método pelo qual ele caça: usando seu longo focinho para fuçar as areias do recife de coral para que possa capturar pequenos moluscos. Ele também muda de cor muito rapidamente, geralmente para combinar com seu ambiente para camuflagem, do branco para o vermelho, para o marrom e para várias cores mosqueadas. Curiosamente, um estudo recente descobriu que o peixe-porco realmente detecta cores com sua pele. Eles não podem ver com sua pele, exatamente, mas podem detectar alguns comprimentos de onda e padrões. 


Cangulo pavão


O cangulo pavão acaba parecendo bastante surpreendente, não importa o que ele faça: com pontos pretos volumosos e rabiscos azuis irregulares. Ele pode muito rapidamente mudar as cores para se camuflar, do cinza claro ao marrom escuro, além de várias listras e manchas. 

Lula de recife do Caribe



Uma visão comum para os mergulhadores no Caribe, mesmo ao norte da costa atlântica do sul da Flórida, a lula do recife caribenho gosta de ficar perto da costa. Como as lulas e polvos, é capaz de mudanças muito rápidas de cor e, como muitas dessas espécies, não os usa realmente para camuflagem. Em vez disso, vários padrões e cores cintilantes parecem ser um método de comunicação. 

Choco Gigante Australiano


A maior de todas as espécies de choco, com um pé e meio de comprimento, o choco gigante australiano faz shows anuais elaborados para atrair um companheiro. Normalmente, ele usa suas incríveis habilidades de mudança de cor para se camuflar, mas quando atrai um choco, ele se exibe com faixas ousadas de zebra, acentos azul neon e verde, e uma série de ondas ondulantes de cor que parecem sombras passando por cima dele - exceto, é claro, que não há sombras

Arminho




Uma das mais belas de todas as espécies de doninha, o arminho, às vezes chamada de estopa, é nativa dos pedaços do norte da América do Norte e Eurásia. No verão, parece a foto acima, com um belo casaco avermelhado sobre uma barriga branca perfeita. Mas esse visual não ajuda a caçar no inverno nevado, então a cada inverno, ela derruba esse casaco e se torna uma máquina de caça branca e pura. Isto nem sempre foi bom para a estopa; às vezes é caçada durante o inverno para fazer casacos de pele com seu aspecto de inverno.

Aranha Caranguejo

Fazendo upload: 687750 de 723653 bytes.



A mudança de cor não é tão comum em insetos como, digamos, em cefalópodes, mas alguns ainda dominam a forma. A aranha caranguejo, que vive em todo o mundo ártico e sub-ártico, é uma caçadora ativa, que se desgarra de flor em flor para encontrar presas. Infelizmente, nem todas as flores são da mesma cor; onde este tipo, a aranha caranguejo de haste dourada, vive, ele gosta de andar em flores brancas e amarelas. Ao contrário dos outros animais desta lista, a aranha do caranguejo realmente segrega um pigmento amarelo em seu exterior, pintando-se efetivamente a si mesma. Ou ela pode esconder esse pigmento amarelo, tornando-se mais branca.

Por: Jonathan Pena Castro


Fontes: 

1

  • Comentários do Blog
  • Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Avaliado item: Conheça 15 animais surpreendentes que até trocam instantaneamente de cor Descrição: Classificação: 5 Revisado por: Como Somos Biologia